Links Personalizados

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

197 - Músico acha tesouro de US$ 3 bilhões pelo Google

admin

Músico acha tesouro de US$ 3 bilhões pelo Google

O músico norte-americano Nathan Smith afirma que encontrou uma carga de ouro e prata de um navio espanhol do século 19 por meio do Google Earth. O tesouro, que em 1822 iria para o sul de Refugio, Estado do Texas (EUA), é estimado em cerca de US$ 3 bilhões.
Segundo o jornal "Daily Telegraph", Smith afirmou que, inspirado no filme "A Lenda do Tesouro Perdido" (2004), usou o Google Earth como as pessoas usam normalmente, quando querem encontrar o telhado de sua casa, por exemplo.
Vasculhando e dando zoom na parte norte de Aransas Pass, cidade texana, ele afirma ter encontrado indícios do tesouro, próximo a uma área conhecida como Barkentine Creek.
Depois de consultar especialistas e visitar a área com um detector de metais, ele diz estar convencido de que encontrou o tesouro --que estaria, agora, sob a terra, em uma área onde atualmente se localiza um rancho.
No entanto, os donos da fazenda não permitiram que ele entrasse na propriedade. A disputa foi para uma corte federal em Houston, também no Texas.

Documentos e fotografias da área são mantidos em sigilo por ordem da corte. Mas Smith diz acreditar que seja possível que o local do tesouro esteja marcado com um "X" --que ele diz ter sido desenhado pelo capitão do navio.

Se ganhar o caso, conhecido como "Smith vs. Navio Abandonado", Smith será a primeira pessoa com permissão federal para retirar o tesouro abandonado. Caso perca, o tesouro ficará com o dono do rancho, Morgan Dunn O'Connor. O caso irá a julgamento no próximo mês.

A lenda do navio e do tesouro espanhol é relatada em livros e sites norte-americanos. Em setembro de 1822, a embarcação espanhola teria sofrido a influência de um furacão, que a levou a uma cachoeira. A tempestade e o fluxo da água levaram o barco às margens da cachoeira, na terra. Nenhum humano, vivo ou morto, foi encontrado nele. O capitão do navio teria removido e enterrado o tesouro em um local próximo.

O explorador Tom Townsend disse à rede de televisão ABC que o navio (e a lenda) são reais. "Pela minha experiência, uma lenda como esta tem uma base verdadeira. Simplesmente pelo nome do lugar ser Barkentine Creek ["pequena cachoeira do navio", em tradução livre]. Isso me faz crer que houve, ou há, algo ali."

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u501965.shtml

2 Responses to "197 - Músico acha tesouro de US$ 3 bilhões pelo Google"
12 de fevereiro de 2009 04:46
Este comentário foi removido pelo autor.
12 de fevereiro de 2009 04:48
Affffff cada uma!!!!